Menu

PESCARIA

O Aeté Clube oferece para seus associados e dependentes, duas lagoas que totalizam quase 8.000m³ de lâmina d’água, povoadas com peixes  Tambaqui, Tilápia, Matrinxã e Tilápia.

Um reservatório conhecido como “Peixão” com 500m³ de lâmina d’água, que é povoado com Tilápias e faz o maior sucesso com os pescadores mirins e os iniciantes!

 

:: IMPORTANTE ::

 

REGRAS PARA PESCA NA LAGOA

 

  1. DIAS DE PESCA NO CLUBE: SÁBADO, DOMINGO E FERIADOS.

 

  1. HORÁRIO: 06:00 ÀS 20:00 HORAS NO HORÁRIO DE VERÃO

06:00 ÀS 19:00 HORAS NO HORÁRIO NORMAL

 

  1. PESCA AUTORIZADA SOMENTE PARA SÓCIOS E DEPENDENTES

 

  1. QUANTIDA PERMITIDA DE PESCADO POR PESCADOR E POR DIA
  2. 03 Tilápias de 30 centímetros;
  3. 01Tambaqui 45 centímetros;
  4. 01Matrinchã de 40 centímetros;
  5. A traíra, tucunaré e a cará a quantidade é livre.
  6. A medida será da boca a ponta do rabo do pescado.

Obs.: É obrigação do sócio pescador possui uma trena para medir se o pescado encontra-se dentro do tamanho permitido.

 

  1. NÃO SERÁ PERMITIDO:
  2. Pescar com mais de uma garatéia;
  3. Utilizar mais de dois molinetes ou vara;
  4. Pescar com tripas;
  5. Limpar peixes nas dependências do clube;
  6. Deixar lixo nos entorno da lagoa;
  7. Marcar local de pesca com material de pesca e ausentar-se do clube;
  8. Armar molinete ou vara para pescador que não esteja pescando.
  9. Não será permitido o pescador, após atingir a sua cota pescar peixes para outro pescador ao não ser que seja parente e que esteja pescando.

 

 

 

  1. PUNIÇÃO PARA O SÓCIO PESCADOR QUE DESCUMPRI AS REGRAS;
  2. a) Primário: Advertência escrita;
  3. b) Reincidente: 30 dias de suspensão de pescar no clube, a partir da notificação da suspensão por escrito do diretor de pesca.
  4. c) A cada reincidência dobra-se a pena de 30 dias de suspensão
  5. d) Caso se recuse a cumprir a pena será submetido às penalidades do estatuto do clube.
  6. e) A punição será aplicada pelo Diretor de Pesca.

 

  1. FISCAL DE PESCAL
  2. a) Será nomeados sócios pescadores auxiliares do diretor de pesca para exercer a função de fiscal de pesca, que será devidamente escalados nos dias de pesca, pelo diretor de pesca.
  3. b) O fiscal de pesca terá poder de fiscalizar os demais pescadores;
  4. c) O fiscal de pesca deverá está devidamente identificado com um crachá e poderá inclusive pescar no dia da sua escala.
  5. d) Qualquer ocorrência o fiscal de pesca deverá comunicar por escrito ao diretor de pesca para as demais providências.

 

  1. REUNIÃO TRIMESTRAL

A cada 03 meses todos os sócios pescadores serão convocados pelo diretor de pesca para uma reunião de avaliação da atividade de pesca no clube.

 

  1. DISPOSIÇÃO GERAIS
  2. a) Os casos omissos serão resolvidos pelo diretor de pesca em comunhão com os fiscais de pesca.
  3. b) As regras deverão ser assinadas por todos os sócios pescadores presentes à essa reunião e deverão ser rigorosamente cumprida por todos os sócios e dependentes de sócios pescadores.